Newsletter

Não deixe de se atualizar.
Cadastre-se e fique sempre informado.

Boletins

publicado em - 20/03/2019
O título do Boletim vai aqui
publicado em - 10/12/2018
O título do Boletim vai aqui
publicado em - 28/11/2018
O título do Boletim vai aqui

Artigos

publicado em - 25/11/2016

POR NENHUM DIREITO A MENOS! CONTRA A PEC 55/16!


Muita gente aplaudiu a Lava Jato porque, dizendo atacar a corrupção, colocou pessoas poderosas na cadeia. A bem da verdade, a operação chefiada pelo juiz Sérgio Moro tem o maior acervo de denúncias contra os principais políticos brasileiros.

O problema é que Moro usa essas denúncias de forma seletiva. Se a lava Jato buscasse justiça, poderia também investigar a Chevron, petroleira americana, denunciada pelo Wikleaks, pela troca de correspondência em 2009 entre ela e o então candidato à presidência, o tucano  José Serra. Nesses documentos, Serra promete favores à petroleira estadunidense, em prejuízo da Petrobrás.

Ao desprezar o princípio de que todos são iguais perante a lei e que, portanto, devem ser julgados e punidos, independente da coloração partidária que possuem, o juiz Sérgio Moro revela sua inconfessa face golpista.

É preciso ter muito cuidado com aqueles que, no discurso se apresentam como imparciais e apartidários defendendo a punição para todos, mas na prática, são seletivos e partidários. Não tenham duvida: entre o que se diz e o que se faz, fiquem sempre com a segunda alternativa!

E, não sejamos ingênuos: há delegados e delegados, promotores e promotores, juízes e juízes. Ou seja, ser um delegado da policia federal não é, por si só, atestado de idoneidade; assim como há juízes de direito que defendem a coisa pública tanto quanto outros que fazem parte de uma elite conservadora que arrepia diante das conquistas trabalhistas.

04 DE DEZEMBRO? QUEM CHAMOU?
Digo isso porque me preocupa que o congresso ponha em discussão um projeto como esse a respeito de “financiamento de campanhas” justo agora que a PEC 55 está para ser aprovada, e há uma grande mobilização popular contra ela em curso. Por que os senhores congressistas mudaram de ideia e agora querem discutir esse tema que evitaram durante anos?

Não pessoal, não vamos cair no canto da sereia! Nossa mobilização é contra a PEC 55/2016 e tem diversas atividades programadas: tivemos um ato no dia 11/11; parece que o pessoal da conlutas está chamando outro hoje; os coletivos de mulheres vão fazer um apitaço no final da tarde em Rio Preto e as assistentes sociais terão um evento na represa no dia 30/11. Ou seja, tem atividade contra a PEC 55/16 pra todos os gostos! Temos muito o que fazer, e não podemos tumultuar nossas frentes de mobilização em nome de uma genérica e mal explicada “luta contra a corrupção” cujos “organizadores” não sabemos direito quem é, porque não mostram a cara!

Lembrem-se que: multidões foram para as ruas lutar “pelo que não sabiam bem o que era” e deu no que deu! Não vamos legitimar a pauta da direita! Não quero ir pra rua pra me encontrar com o Olavo Tarraf e sua turma inflando o patinho da Fiesp!

Nossa luta tem nome e endereço: É convocada pelas centrais sindicais, e pelos movimentos sociais articulados pela Frente Brasil Popular e Frente Brasil Sem Medo! E um objetivo principal: Derrotar aqueles que querem suprimir nossos direitos e colocar os trabalhadores do Brasil de joelhos! Contra a PEC 55/16! Por Nenhum Direito a Menos!

São José do Rio preto, 25/11/2016

Celso Aparecido de Cerqueira Barreiro.
Vice-presidente do Sindicato dos Servidores.

 

Endereço: Avenida Duque de Caxias, 3756, Parque da Represa - São José do Rio Preto - CEP: 15061-001 - Telefone: (17) 3214-9690