Newsletter

Não deixe de se atualizar.
Cadastre-se e fique sempre informado.

Boletins

publicado em - 10/12/2018
O título do Boletim vai aqui
publicado em - 28/11/2018
O título do Boletim vai aqui
publicado em - 06/08/2018
O título do Boletim vai aqui

Notícias

publicado em - 16/03/2018 RIOPRETOPREV

CAIU, MAS...

Aqui vai o nome da Imagem
O último Cálculo Atuarial, realizado pela CEF com dados de dezembro de 2017, registra, pela primeira vez na série histórica, uma redução no déficit atuarial da Riopretoprev.  O Estudo revela que no final de 2017 o Déficit Atuarial foi 6,3% menor que o registrado em 2016. Passando de R$ 1,414 bilhão, em dezembro de 2016, para R$ 1,325 bilhões, em dezembro de 2017.

O Índice de Cobertura também sofreu uma drástica mudança de curso interrompendo a queda no universo de segurados, que no ano de 2016 cobria apenas 19,3%, ampliando para quase 30%, em 2017.

Os bons resultados nestes dois indicadores, diminuição do Déficit Atuarial e ampliação do Índice de Cobertura, estão alicerçados no crescimento do Patrimônio Financeiro de R$ 339 milhões, em dezembro de 2016, para R$ 565 milhões, em dezembro de 2017. E, a razão deste crescimento de 67% em apenas um ano tem dois motivos centrais: a transferência de R$ 156 milhões, em dívidas do IPESP, da Prefeitura para a Riopretoprev e a boa gestão da carteira de investimentos que iniciou janeiro de 2017 com aplicações de R$ 295 milhões e fechou o ano com R$325 milhões.

Porém, se é digno de registro a redução do Déficit Atuarial é igualmente importante salientar que, ainda assim, estamos muito longe de equacioná-lo. E que, outros indicadores estão se consolidando no sentido inverso: em janeiro de 2017, a relação de servidores ativos para cada aposentado era de 4,3 e, em dezembro do mesmo ano, passou para 3,7.

O número de aposentados durante todo o ano de 2017 foi de 144 e só nos dois primeiros meses de 2018 já são mais 42 aposentados. E, com o aumento no número de aposentados, passamos a ter mais segurados recebendo que contribuindo. Este fato produzirá um desequilíbrio financeiro cuja consequência imediata será a impossibilidade de alocar o saldo primário (receita – despesas) positivo na Carteira de Investimentos.

O nosso Sindicato insiste que é urgente a imediata contratação de servidores municipais através de concurso público em substituição aos aposentados e terceirizados e a manutenção do plano de aportes financeiros anuais. 

Para entender: Déficit Atuarial é uma situação onde as reservas financeiras para pagamento das futuras aposentadorias e pensões dos servidores municipais são insuficientes para honrar os compromissos.

Endereço: Avenida Duque de Caxias, 3756, Parque da Represa - São José do Rio Preto - CEP: 15061-001 - Telefone: (17) 3214-9690